O governo municipal de Altaneira vem, através da secretaria de saúde, a público, prestar esclarecimentos.

O governo municipal de Altaneira vem, através da secretaria de saúde, a público, prestar esclarecimento sobre a polêmica causada, devido a chegada das vacinas destinadas ao grupo quilombola, que se localiza no sítio Bananeiras.
Vale ressaltar que as vacinas já estão no nosso município, devidamente armazenadas, de acordo com a gestão de imunização.
Comunidades quilombolas são grupos com trajetória histórica própria, cuja origens se referem a diferentes situações, a exemplo de doações de terras realizadas a partir da desagregação de monoculturas; compra de terras pelos próprios sujeitos, com o fim do sistema escravista; terras obtidas em troca da prestação de serviços; ou áreas ocupadas no processo de resistência ao sistema escravista. Em todos os casos, o território é a base da reprodução física, social, econômica e cultural da coletividade. Até março de 2013, a Fundação Cultural Palmares certificou 2040 comunidades quilombolas, presentes nas cinco regiões do país, com maior concentração nos Estados do Maranhão, Bahia, Pará, Minas Gerais e Pernambuco. (https://www.seduc.ce.gov.br/wp-content/uploads/sites/37/2017/01/dados_quilombola.pdf)
As vacinas contra o covid-19, chegaram no dia 30/03/2021, no total de 1250 unidades, estas mesmas destinadas ao público quilombola da região e serão devidamente aplicadas, conforme o responsável e presidente da associação Antônio Clécio de Sousa, encaminhar a documentação regulamentada necessária para o cadastro no Saúde digital.
Estão acontecendo as reuniões com MPCE, SESA, CEPPIR - Coordenadoria Especial de Políticas públicas para promoção da Igualdade Racial vinculada a SPS, COEPIR - Coordenadoria Especial de Políticas públicas para promoção da Igualdade Racial, Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Ceará - COEPIR e lideranças quilombolas.
O município já está em diálogo com a liderança quilombola, para documentar as estimativas populacionais dos remanescente de quilombolas.
Após a reunião, a população deve ser cadastrada no site do Saúde Digital Vacinação.
Enquanto não houver essa decisão, as doses deverão ficar retidas no município, e não serão consideradas, temporariamente, para o cálculo da meta de 85%.
Não temos, ainda, uma data prévia para o acontecimento, pois temos total necessidade deste cadastro, para estarmos em conformidade com a lei.
Vale destacar, que nós, enquanto governo municipal, temos total interesse em vacinar a nossa comunidade por inteiro. Fazendo o possível para que a imunização chegue a todo e qualquer irmão altaneirense. Em respeito a vida e a lei, esperamos que esse processo corra rapidamente, para que possamos seguir com nosso novo normal, com muito mais amor, igualdade, empatia e respeito.