Prefeito e Secretária de Assistência Social participam do lançamento do “Cartão Mais Infância Ceará”

0

Fortaleza (Ce) – O Governo do Município de Altaneira, representado pelo Prefeito Dariomar Soares e pela Primeira-dama e Secretária de Assistência Social, Lan Alencar, participaram na manhã desta segunda-feira, 11, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, do lançamento do “Cartão Mais Infância Ceará”.

O cartão é parte integrante da Programa para Superação da Extrema Pobreza Infantil, do Governo do Estado, regulamentado pela Lei nº16.360, no dia 30 de novembro de 2017. Por meio dele, disse, o prefeito, as famílias mais carentes de nosso município terão direito a mais um benefício que lhe ajudarão a cuidar seus filhos e filhas.

Lan Alencar, em contato com a assessoria de comunicação, ressaltou os critérios para as famílias terem direito ao auxilia financeiro. Segundo ela, o valor a ser repassado será de R$ 85,00 e para ter direito ao saque as famílias precisam estar cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico), do Governo Federal e sua renda não ultrapassar os R$ 85,00. “Para efeitos de cálculos da renda”, ponderou a secretária, “não deve ser considerado valores recebidos do Programa Bolsa família”. Note-se ainda que serão atendidas, de forma prioritárias, aqueles grupos familiares selecionados pelo índice de vulnerabilidade do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece).

Pelas regras do programa, os Centros de Referências de Assistências Social (Cras) do município terão atuação importante visto que realizarão estudos e avaliação social das famílias enquanto estas tiverem recebendo (dois anos) o benefício que pode ser prorrogado por até três anos. Os beneficiários e beneficiárias precisam ter frequência nos serviços socioassistenciais oferecidos na Rede SUAS, de acordo com calendário e atividades estabelecidos pelo Cras. É necessário ainda acompanhamento das vacinações através do Modulo de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde. Caso essas exigências não sejam atendidas, poderá causar o bloqueio, a suspensão ou o cancelamento do benefício.

O auxilio será repassado à família através de instituição bancaria contratada, sendo o benefício sacado por meio de cartão magnético, com a devida identificação do Programa e do responsável familiar, com o respectivo Número de Identificação Social (NIS).

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade