Nação Nordestina é campeã do XVII Festival Junino

0

O Governo Municipal, por intermédio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, realizou entre os dias 29 de junho e 1º de julho, no Ginásio Poliesportivo Antonio Robério Carneiro, o XVII Festival Junino que teve como tema “Na Roça, na Fazenda e no Sertão – Dançando e Festejando o São João”.

O primeiro dia foi marcado por apresentações de sete agremiações juninas das escolas do município, duas da educação infantil, quatro do ensino fundamental e uma do ensino médio. O festival foi composto nos dois dias subsequentes pela etapa regional. Dezoito arraiás de treze municípios se inscreveram. Estava previsto a apresentação da Esperança Nordestina, de Araripe, Fogo na Roça, de Várzea Alegre, Nação Nordestina e Junina Paixão do Cariri, ambas de Juazeiro do Norte, Xamego Bom (Antonina do Norte), Sabor Nordestino (Tarrafas), Tradição Junina (Crato), Arriba Saia e Arraiá da Nascença, de Várzea Alegre e Brejo Santo, respectivamente.

Assim como no primeiro dia, três agremiações – Junina Flor de Xita, Alto Junino e Junina pé no Chão, de Acopiara, Saboeiro e Barbalha, respectivamente – não compareceram no ginásio no último dia de festival. Porém, os grupos Tradição Junina (Milagres), Quadrilha Gonzagão (Juazeiro do Norte), Asa Branca (Campo Sales), Xamego Nordestino (Juazeiro do Norte) e Junino Sol Nascente (Iguatu) além da participação do Arraiá do Ribuliço – grupo local – tiveram 50 (cinquenta) minutos para se expor.

Secretário de Governo (esq) e de Cultura na entrega do troféu de campeã ao represente da Nação Nordestina. Foto: João Alves.

Secretário de Governo (esq), Deza Soares e, de Cultura, Antonio de Kaci na entrega do troféu de campeã ao represente da Nação Nordestina. Foto: João Alves.

O resultado só foi tornado público por volta das 3h00 da manhã do dia 02 durante a apresentação da Banda Forró do GG. Participaram da divulgação, os Secretários de Governo, Deza Soares e de Cultura, Antonio de Kaci. Ambos agradeceram a todos (as), ao passo que frisaram que o festival foi um dos maiores que o município já realizou. Nação Nordestina e Asa Branca dividiram a atenção do público a cada nota dos quesitos anunciados que levou a primeira agremiação ao título.

A Nação Nordestina trouxe para o público uma luta travada entre setores conservadores e progressistas da igreja católica e a luta de romeiros quanto a figura do Padre Cícero Romão Batista. A cada passo de integrantes do grupo e do marcador, ficava evidente a força e a fé de popular no “padim ciço” na “Beatificação de um Homem Pela Fé do Povo” que não só agradou ao público, mas também aos (as) jurados (as) que lhe deram o título de campeã do XVII Festival Junino, conforme abaixo especificado:

Resultado Oficial do XVII Festival Junino de Altaneira:

A Nação Nordestina levou a melhor nos quesitos “Marcador (a)” e  Rainha”, com 119, 6 e 90 pontos, respectivamente.  A Asa Branca teve melhor desempenho em “Casamento”, “Repertório”, “Casal de Noivos”, 29,9, 89,9 e 120 pontos, respectivamente.

1º – Lugar – Nação Nordestina, de Juazeiro do Norte, (209, 1) pontos;

2º – Lugar – Asa Branca, de Campos Sales, (209,0) pontos;

3º – Lugar – Arraiá da Nascença, de Brejo Santos, (206,0) pontos;

O Arraiá do Ribuliço (participação especial) recebeu dos (as) jurados (as) 206,7 pontos;

4º – Lugar – Xamego Nordestino, de Juazeiro do Norte, 204,0 pontos;

5º – Lugar – Tradição Junino, de Milagres, 202,6 pontos;

6º – Lugar – Junina Paixão do Cariri,  de Juazeiro do Norte, 201, 6 pontos;

7º Lugar – Sabor Nordestino, de Tarrafas, 200, 2 pontos;

8º – Lugar – Esperança Nordestina, Araripe, 199, 7 pontos;

10º – Lugar – Xamego Bom, de Antonina do Norte, 196,0 pontos;

11º – Lugar – Quadrilha Gonzagão, de Juazeiro do Norte, 192,0 pontos;

12º – Lugar – Tradição Junina, de Crato, 188, 0 pontos.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade